King

De Wikarta
Ir para: navegação, pesquisa
O King pode ser jogado com um baralho tradicional, como o 139 da Copag.

O King é um jogo para quatro pessoas. Usa-se um baralho de 52 cartas, que serão distribuídas totalmente, uma a uma. Como no Bridge, também é um jogo de vazas.

Vaza é o conjunto de quatro cartas, uma de cada jogador. Ganha a vaza quem jogar a carta mais alta do primeiro naipe jogado nessa rodada. São 13 as vazas possíveis em cada mão.

A hierarquia das cartas, em ordem decrescente, é : Ás, Rei, Dama, Valete, 10 …. até 2. É um jogo individual e cada partida é composta por seis mãos ou jogadas negativas e quatro positivas. A contagem dos pontos tem de ser feita em um bloco com duas colunas para cada jogador, uma negativa e outra positiva.

No final, a diferença entre as duas colunas indicará a posição de cada jogador em relação aos seus adversários. Quem tiver o melhor saldo positivo será o ganhador.

As seis mãos negativas (primeira parte do jogo) são:

  • 1ª mão - Não fazer vazas - O jogador que distribuiu as cartas joga uma carta qualquer, aberta. Todos os demais deverão servir aquele naipe, só podendo baldar uma carta de outro naipe qualquer, se não tiver o naipe jogado. Quem ganhar uma vaza dará início à seguinte. No final, cada participante deverá contar e anunciar, para marcação, quantas vazas fez. Cada vaza vale 20 pontos negativos. Para efeito de conferência, o total desta jogada deve dar 260 pontos.
  • 2ª mão - Não fazer Copas - O objetivo é não receber vazas que contenham carta ou cartas de Copas. Regra importante: é proibido iniciar uma vaza com carta de Copas, tendo qualquer outro naipe na mão. Quem não tiver condições de acompanhar o naipe jogado, poderá baldar Copas ou carta de qualquer outro naipe, que considere mais perigoso. No final, contam-se as cartas de Copas recebidas por cada jogador. Cada carta de Copas vale 20 pontos negativos. O total de pontos da rodada é 260.
  • 3ª mão - Não receber Reis e Valetes - O objetivo é não ganhar vazas que contenham Reis ou Valetes. Cada uma destas cartas vale 30 pontos negativos e o total de pontos da mão é 240.
  • 4ª mão - Não fazer as Damas - Quem ganhar vaza que contenha Dama, para cada uma perderá 50 pontos. O total da mão é 200 pontos.
  • 5ª mão - Não fazer o Rei de Copas - Quem receber o Rei de Copas em uma vaza, perderá 160 pontos.


Regras

  • Nenhum jogador poderá iniciar vaza com Copas, enquanto tiver carta de qualquer outro naipe
  • É obrigatório descartar o Rei de Copas na primeira oportunidade. Não se pode escolher a quem dar o Rei de Copas.
  • 6ª mão - Não fazer as duas últimas vazas - O objetivo é não fazer as duas últimas vazas, como o próprio nome da jogada está indicando. Esta jogada custa 180 pontos negativos. Se as duas últimas forem divididas, uma para cada jogador, eles marcarão 90 pontos negativos para cada um. O total de pontos negativos dos quatro jogadores deverá somar 1.300.

Após o jogo das seis mãos negativas, serão jogadas quatro rodadas positivas. O objetivo é ganhar o maior número de vazas, cada uma representando 25 pontos positivos, a fim de descontar o prejuízo e ainda ganhar algo mais.

Como são quatro mãos positivas, cada jogador terá a oportunidade de escolher o trunfo pelo menos uma vez. O distribuidor é chamado de "Beneficiado".


Trunfo

O distribuidor poderá escolher um naipe como trunfo. Qualquer carta de trunfo ganha de qualquer carta de outro naipe, mas só poderá ser jogada se for impossível acompanhar o naipe da vaza ou se o naipe inicial da vaza for trunfo. Entre dois trunfos, ganhará o mais alto.

Leilão - Nas quatro mãos positivas, cada jogador terá o direito de escolher o naipe de trunfo ou de aceitar ofertas dos adversários, vendendo o direito de marcar o trunfo. O pagamento é sempre feito em número de vazas e efetuar-se-á (caso o beneficiado tenha vendido o seu direito) no final da mão. Um lance terá de ser obrigatoriamente maior que o anterior. Por mais alta que seja a oferta, o beneficiado terá sempre o direito de decidir se aceita ou não a oferta. Durante o leilão os jogadores deverão mencionar apenas a quantidade de vazas que estão dispostos a pagar pelo direito de marcar o trunfo. O naipe só deverá ser mencionado se e após o beneficiado aceitar a oferta.

Se ninguém oferecer vaza ou se a oferta for de apenas uma vaza, o beneficiado poderá, sem qualquer outra consulta aos adversários, decidir que não tem interesse em cartear essa mão. Marcará para si quatro vazas e três para cada um dos três oponentes.

Após a distribuição das cartas, cada um dos três adversários deverá se manifestar, na vez, no leilão. Após a fala do terceiro, o beneficiado deverá dizer se aceita ou não a oferta feita. Se aceitar, os três voltarão a falar na ordem. Se o segundo ou o terceiro a falar oferecer lance melhor que o do jogador que o antecedeu, este poderá oferecer o mesmo número de vazas, "pela mão", tendo prioridade. O jogador que passar inicialmente, não perderá o direito de falar.

Exemplo de leilão: Jogadores A (distribuidor e beneficiado), B, C e D.

O jogador B passa. C oferece duas vazas, D oferece três. A aceita. B oferece três "pela mão" e o leilão prossegue. Se A recusar três vezes, B, C ou D só poderão falar para oferecer quatro ou mais.

O total de pontos positivos nas quatro rodadas é 1.300.

Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas